Requisitos De Margem De Negociacao Forex Para Nao Esclarecido




Requisitos De Margem De Negociação Forex Para Não EsclarecidoO que e margem de margem pode ser pensado como um deposito de boa fe necessario para manter posicoes abertas. Esta nao e uma taxa ou um custo de transacao, e simplesmente uma parcela do patrimonio da sua conta reservada e alocada como deposito de margem. Tenha em mente que a negociacao na margem pode afetar de forma positiva e negativa sua experiencia comercial, pois os lucros e as perdas podem ser dramaticamente amplificados. Voce pode acompanhar sua margem Usada e Usavel na Janela de Contas da Estacao de Negociacao. SMART MARGIN WATCHER: GERENCIAR A SUA CONTA DE NEGOCIACAO SMARTER FXCM esta empenhada em aumentar a rentabilidade do cliente. Sabemos que nossos comerciantes estao bem mais de 50 do tempo, no entanto, muitos comerciantes perdem mais dinheiro com a perda de trades do que com os negocios vencedores. A FXCM acredita que o recurso Smart Margin Watcher, um dos mais recentes recursos da Trading Station, pode ajuda-lo a manter-se a frente de Margin Calls e, finalmente, coloca-lo em melhor posicao para negociar. O Smart Margin Watcher foi projetado para monitorar suas posicoes e ALERVA voce se o mercado for contrario as suas negociacoes e o patrimonio da sua conta cai abaixo dos requisitos de margem. Essencialmente, o Smart Margin Watcher pode dar-lhe um amortecedor entre o aviso de Margem e a liquidacao, permitindo que voce deposite mais fundos ou feche as posicoes para potencialmente evitar uma chamada de margem. Quais sao os requisitos de margem do FXCM Por padrao, a FXCM LLC oferece um maximo de aproximadamente 50 (1) alavancagem (ou 2 margens) em suas contas de negociacao forex. Os requisitos de margem (por lote 1K) na FXCM sao atualizados uma vez por mes. Veja FX MMR por lote 1k. QUANDO A MARGEM ESTA ATUALIZADA Os requisitos de margem sao atualizados mensalmente na ultima sexta-feira para refletir as flutuacoes de precos. A FXCM nao antecipa mais de uma atualizacao por mes, no entanto, os movimentos extremos do mercado ou o risco de eventos podem exigir atualizacoes de intramonto nao programadas. Os requisitos de margem de Uptodate sao exibidos na janela Taxas de Negociacao Simplificadas da Estacao de Negociacao. Quer mais informacoesRegras de Margem para Derivados Nao Limitados, ja foram finalizadas A elaboracao de regras da Agencia de acordo com a Lei Dodd-Frank Wall Street Reform e Consumer Protection Act (Dodd-Frank) trouxe muitas regras controversas. Em particular, a Commodity Futures Trading Commission (CFTC) recebe muitas criticas dos participantes do mercado por serem excessivamente agressivas no exercicio de sua nova autoridade para regulamentar os mercados de derivativos de excesso de balcao (OTC) de aproximadamente 600 trilhoes de dolares anteriormente nao regulamentados. 1 Nos quase tres anos desde a adocao de Dodd-Franks, algumas regras finais foram desafiadas com sucesso no tribunal e uma serie de propostas evocando muita discussao acalorada ainda nao foram finalizadas. Uma area importante, controversa e ainda pendente de regulamentacao e o requisito de Dodd-Frank de que a CFTC, a Securities and Exchange Commission (SEC) e um grupo de reguladores prudenciais (Reguladores Prudenciais) impoem regras de capital e margem (ou seja, garantias) para swaps Que nao sao liberados atraves de uma organizacao de compensacao derivada registrada. Quao grande sera esse segmento do mercado de derivativos uma vez que o desbloqueio obrigatorio de derivativos padronizados esta em vigor. Num discurso recente, um Vice-Presidente da Reserva Federal citou o Fundo Monetario Internacional (FMI) estima que um terco da taxa de juros e dos derivativos de credito e dois - terceiros de derivativos de capital proprio, commodities e cambiais nao serao adequados para a padronizacao e continuarao a ser desbloqueados de forma nao central. 2 Por conseguinte, estes derivados continuarao a incluir uma parte substancial do mercado de derivados e sera importante manter-se vigilante na gestao dos riscos decorrentes de exposicoes de derivados nao compensados ??centralmente. 3 A CFTC e os Reguladores Prudenciais emitiram propostas de margem para derivativos nao compensados ??na primavera de 2011 e a SEC seguiu o processo no final do ano passado para swaps baseados em seguranca. 4 Enquanto isso, os reguladores da Uniao Europeia tambem propuseram novas regras e o Comite de Supervisao Bancaria de Basileia (BIS) e a Organizacao Internacional de Comissoes de Valores (IOSCO) publicaram um estudo consultivo aprofundado (Estudo BISIOSCO) sobre o assunto. 5 O grupo diversificado de reguladores envolvidos, juntamente com a forte oposicao dos participantes do mercado afetados, tornou dificil para os reguladores finalizar as novas regras. 6 A maioria dos participantes do mercado argumenta que apoiam amplamente a intencao de novos regulamentos para tornar os mercados de derivativos mais transparentes, principalmente por meio da compensacao e divulgacao obrigatoria de derivativos padronizados. No entanto, muitos afirmam que os mercados de derivativos precisam de flexibilidade para serem eficientes e milhares de paginas de regulamentos complexos e as vezes contraditorios causam incertezas que, em ultima instancia, podem prejudicar o fluxo de credito no sistema financeiro global. De acordo com a Associacao Internacional de Swaps e Derivados (ISDA), a proposta de margem nao regulamentada da Reguladora Prudencial (Proposta PR) afetaria severamente a liquidez no mercado de swap nao esclarecido e a ISDA acredita que restringir severamente o mercado de swap nao esclarecido teria serias consequencias economicas negativas. 7 Por outro lado, embora a compensacao central de derivativos implique a garantia de garantia com uma contraparte central (tornando os eventos de inadimplencia menos perturbadores), os derivados nao esclarecidos nao se beneficiam de tais acordos colaterais transparentes e podem representar o mesmo tipo de risco de contagio sistemico e spillover que Materializado na recente crise financeira. 8 Better Markets, Inc. (Better Markets), uma organizacao independente da industria, argumentou em sua carta de comentarios sobre a proposta de margem da CFTC (Proposta da CFTC) de que um sistema de margem rigoroso era necessario para evitar uma crise financeira semelhante a 2008, quando os grandes comerciantes de swap eram excessivos As posicoes de derivados nao colaterais mergulharam no sistema em turbulencia. 9 A partir desta ultima perspectiva, a imposicao de requisitos colaterais mais elevados em operacoes de swap nao esclarecidas tornaria os mercados menos arriscados e avancaria os objetivos da politica de Dodd-Franks, embora ao custo de diminuir o volume dessa negociacao. Apos a crise financeira de 2008, a tensao entre preservar a liquidez do mercado e reduzir o risco sistemico esta subjacente a grande parte dos debates das reformas financeiras. Discussoes de regras de margem, requisitos de capital e outras regras continuarao ate 2013, provavelmente mais. Este artigo apresenta os aspectos mais controversos das propostas de margem e analisa os principais argumentos para e contra a regulamentacao rigorosa dos derivados nao esclarecidos. Dodd-Frank Regra de Regra Dodd-Frank separa a autoridade para estabelecer requisitos de margem para derivativos nao esclarecidos em tres, com base em qual regulador supervisiona a entidade que esta entrando na transacao de derivadas nao esclarecidas: Reguladores Prudenciais sao responsaveis ??por negociantes de swap ou participantes de swap principais ( Entidades de Swap) que sao bancos, a CFTC cobre todas as Entidades de Swap nao bancarias e a SEC esta encarregada das Entidades de Swap nao bancarias baseadas em titulos. A proposta de relacoes publicas e a proposta da CFTC foram divulgadas ha quase dois anos, gerando uma consideravel reacao negativa dos participantes no mercado. O periodo de comentarios foi reaberto para ambas as propostas, apos o lancamento do estudo BISIOSCO no ano passado. 10 A SEC redigiu e lancou sua propria versao (Proposta da SEC) no final do ano, levando em consideracao a contribuicao internacional. ISDA tem sido muito critico com a Proposta de Relacoes Publicas e com a Proposta da CFTC, mas considerou a abordagem da SEC mais sensivel. Outros, como a Better Markets, argumentaram que nenhuma das propostas e suficientemente ampla para estabelecer requisitos de garantia estrita para swaps nao esclarecidos. Todos os reguladores dos EUA, bem como o BISIOSCO Study, alinham as regras nos mercados globais, mas, na pratica, esse pode ser o objetivo mais dificil de conseguir. Ambito: Entidades cobertas A Dodd-Frank adicionou a secao 4s (e) ao Commodity Exchange Act (CEA) para atender aos requisitos de capital e margem para as Entidades de Swap. O texto simples da lei exige que as regras de margem para derivativos nao esclarecidos sejam estabelecidas de forma geral. A presuncao BISIOSCO Studys tambem e que os requisitos de margem se aplicam a todas as derivadas nao descoladas centralmente. No entanto, ha um espaco para os reguladores isentar certos tipos de entidades dos regulamentos. A proposta da CFTC e a Proposta da SEC isentariam os usuarios finais comerciais presumidos de estarem protegendo seu risco comercial, mas a Proposta PR, na sua forma original, nao. O estudo BISIOSCO afirmou que os requisitos de margem nao necessitam de se aplicar a derivativos nao descorridos de forma centralizada, cujas entidades nao financeiras que nao sao de importancia sistemica sao partes, dado que (i) essas operacoes sao consideradas como apresentando pouco ou nenhum risco sistemico E (ii) tais transacoes estao isentas de mandatos de compensacao central na maioria dos regimes nacionais. 11 Definir os parametros de qual entidade deve se qualificar como usuario final tem sido um aspecto muito discutido de uma serie de regras, incluindo regras sobre relatorios, compensacao e negociacao. O CFTC adotou uma regra final que isenta os usuarios finais da compensacao e forneceu orientacao geral sobre como interpretar a regra, mas se recusou a fornecer exemplos especificos de entidades que poderiam beneficiar das isencoes. 12 A qualificacao para a isencao reduziria significativamente o custo de entrada em derivativos nao esclarecidos, o que interessa grandemente aos participantes do mercado de todas as listras. Por exemplo, a ISDA argumentou por ir alem do que a CFTC propos e sugeriu que as transacoes de derivativos nao esclarecidas realizadas por usuarios finais, veiculos especiais (SPVs) e governos estaduais e municipais nao devem ser cobertas porque nao contribuem para o sistema sistemico risco. 13 A Associacao de Gestao de Investimentos Alternativos (AIMA), um grupo da industria que representa hedge funds (entidades que geralmente nao seriam consideradas Entidades de Swap) tambem apresentaram comentarios a CFTC. AIMA sugeriu que, alem dos usuarios finais nao financeiros e dos usuarios finais financeiros de baixo risco, todos os usuarios finais financeiros financeiramente solidos, como os fundos de hedge, deveriam se beneficiar com a provisao de que, sob um determinado limite, eles nao Tem que registrar a margem inicial. 14 Na opiniao da AIMA, os requisitos de margem devem ser adaptados mais de perto a credibilidade das contrapartes. Margem inicial versus margem de variacao Um principio fundamental no estudo BISIOSCO e que todas as empresas financeiras e entidades nao financeiras (entidades cobertas) de importancia sistemica que se envolvem em derivativos nao incluidos na central devem trocar a margem inicial e de variacao conforme apropriado aos riscos Representadas por tais transacoes. 15 O texto do CEA tambem exige que os reguladores prudenciais, em consulta com a CFTC e a Comissao de Valores Mobiliarios, adotem regras comuns para os negociantes de swap e os principais participantes de swap, no que diz respeito as suas atividades como negociante de swap ou participante de swap principal , Para o qual existe um regulador prudencial que impoe (i) requisitos de capital e (ii) os requisitos adicionais de enfase de margem inicial e de variacao em todos os swaps que nao sao liberados por uma organizacao de compensacao derivada registrada. 16 A margem inicial e uma quantidade de partes garantidas sao obrigados a fornecer um ao outro no inicio de uma transacao para responder as possiveis consequencias do padrao. Isso geralmente e determinado com base no valor de mercado do contrato, o tipo e risco da garantia e o risco da contraparte, entre outros. A margem de variacao e um ajuste periodico da margem, dependendo das mudancas no valor do contrato. Tanto a proposta da CFTC quanto a Proposta de PR impoem os requisitos de margem inicial e permitem que as Entidades de Swap utilizem modelos internos para calcular esse valor (sujeito a aprovacao do regulador relevante antes do uso). Como calcular a margem inicial e se e necessario ter sido um dos aspectos mais contestados das propostas. A ISDA argumentou em suas cartas de comentarios e em outros lugares que os requisitos de margem inicial propostos sao excepcionalmente onerosos e o montante necessario excederia amplamente o valor que o mercado poderia publicar. 17 Em vez disso, a ISDA propoe reduzir o risco sistemico ao impor requisitos robustos de margem de variacao com coleta diaria e limiares zero. Esta e a abordagem que os participantes do mercado geralmente ja estabeleceram e, portanto, exigem muito menos um investimento adicional em infra-estrutura e sistemas de mercado. A Better Markets, por outro lado, argumentou que a margem inicial e a margem de variacao sao duas pecas essenciais para assegurar que haja garantias suficientes disponiveis em caso de incumprimento. Better Markets citou swap clearing house LCH. Clearnets a descricao da margem de variacao para suportar o argumento de que a margem de variacao, por si so, seria insuficiente: a margem de variacao nao pode levar em conta os movimentos de precos apos um evento padrao, pois o membro inadimplente e, por definicao, Nao esta em condicoes de pagar a margem de variacao. Em vez disso, a margem inicial anteriormente depositada pelo membro em falta cobre esse risco. 18 O facto de a ISDA ter ou nao sucesso em convencer os reguladores de eliminar a margem inicial continua a ser visto. A ISDA declarou no seu blog de politicas que 2013 se parece com um ano em que falaremos muito sobre os requisitos de margem. Nao tivemos certeza se isso nos mantera alegre e brilhante nos proximos 12 meses, mas isso deve nos manter ocupados. 19 Garantia elegivel Uma questao crucial em qualquer acordo de garantia e o que os ativos sao considerados elegiveis para atuar como garantia para as obrigacoes das partes. A proposta de RP geralmente limitaria as garantias elegiveis em dinheiro, obrigacoes diretas de (ou garantidas) pelo governo dos EUA e dividas seniores de certas entidades patrocinadas pelo governo dos EUA. Uma excecao seria fornecida para entidades nao financeiras, que seriam permitidas para definir garantias elegiveis em seus acordos de suporte de credito diretamente com suas contrapartes. A ISDA argumentou que a lista de entidades financeiras e muito restritiva e aumentara as questoes de liquidez em relacao aos titulos do Tesouro e da agencia dos EUA. 20 A ISDA propoe adicionar tipos de garantia que o estudo BISIOSCO tambem contempla, incluindo titulos corporativos de alta qualidade, acoes incluidas nos principais indices de acoes e ouro. Como questao geral, a ISDA insta fortemente os reguladores a adotar uma abordagem baseada em principios, em vez de fornecer uma lista exaustiva de garantias elegiveis. No minimo, a ISDA preferiria a abordagem da SEC onde uma gama mais ampla de ativos qualificaria como garantia elegivel, sujeita a cortes de cabelo adequados. A Better Markets, por outro lado, argumentou que os reguladores nao deveriam considerar ampliar a lista de garantias elegiveis muito alem do dinheiro e dos titulos do governo, porque em uma situacao de mercado estressada, os desajustes de liquidez sao muitas vezes fatais. 21 Em tal situacao, os participantes do mercado comecam a exigir garantias em dinheiro, o que e mais dificil de obter quando os ativos normalmente fornecidos como garantia sao relativamente iliquidos. Alem disso, permitir que os titulos publicos de uma empresa sirvam como garantia pode ter efeitos negativos significativos sobre esses titulos se as contrapartes de swap comecarem a liquidar os titulos em grandes volumes para responder as demandas de garantias em dinheiro de outras partes. Esses tipos de problemas ocorridos durante a crise financeira de 2008 e na estimativa Better Markets sao melhor evitados para a frente, limitando as garantias elegiveis para os ativos mais altamente liquidos. Conclusao Existem muitas outras questoes controversas que envolvem regras de margem para derivativos nao esclarecidos, para nao mencionar requisitos de capital igualmente importantes e discutidos. O capital e a margem sao duas das ferramentas essenciais para garantir que o proprio sistema financeiro seja capaz de absorver suas proprias perdas e, novamente, nao precisa depender dos resgates de contribuintes em caso de outra crise financeira. Como fazer as regras corretas nao e uma questao simples. Os representantes da industria financeira tem enquadrado em grande parte muitos dos esforcos regulatorios em curso como onerosos e uma reacao excessiva desnecessaria a uma crise financeira muito incomum e improvavel de reacao com consequencias negativas para a economia real. 22 Ha certamente um argumento a ser feito para que os reguladores precisem coordenar melhor seus esforcos, tanto no pais como no exterior, se quiserem que novas regras sejam efetivas. No entanto, e igualmente importante nao perder de vista os riscos ainda existentes no sistema financeiro que essas reformas deveriam abordar. 23 Sao necessarias regras de capital e margem bem desenvolvidas para mitigar esses riscos, em beneficio do sistema financeiro e da economia em geral. Como sinal positivo, o anuncio recente da IOSCO de que uma consulta provisoria adicional sera publicado em breve nas regras de margem para derivativos nao esclarecidos pode ser uma indicacao de que lentamente, mas certamente os reguladores se aproximarao de concordar com as regras de margem. 24 Todos os tratados do Bloomberg BNA estao disponiveis em ordem permanente, o que garante que voce sempre recebera a edicao mais atual do livro ou suplemento do titulo que voce encomendou na divisao de livros Bloomberg BNAs. Assim que um novo suplemento ou edicao seja publicado (geralmente anualmente) para um titulo que voce ja comprou e solicitou para ser colocado em ordem permanente, envie-o para revisar por 30 dias sem qualquer obrigacao. Durante esse periodo, voce pode (a) honrar a fatura e receber um desconto de 5 (alem de quaisquer outros descontos para os quais voce pode se qualificar) fora do preco atual da atualizacao, mais frete e manuseio ou (b) devolver o Livro (s), caso em que sua fatura sera cancelada apos o recebimento do (s) livro (s). Ligue-nos para uma etiqueta UPS pre-paga para o seu retorno. E tao simples e facil quanto isso. Mais importante, as ordens permanentes significam que voce nunca tera que se preocupar com a pontualidade das informacoes que voce esta confiando. E voce pode descontinuar as ordens permanentes em qualquer momento contatando-nos em 1.800.960.1220 ou enviando um e-mail para o livro. Coloque-me em ordem permanente com um preco de desconto de 5 desconto de todas as atualizacoes futuras, alem de quaisquer outros descontos que eu possa melhorar. (Reembolsavel dentro de 30 dias.) Notificar-me quando as atualizacoes estao disponiveis (nao sera criado nenhum pedido permanente). Este relatorio do BNA da Bloomberg esta disponivel em ordem permanente, o que garante que todos receberao a ultima edicao. Este relatorio e atualizado anualmente e nos lhe enviaremos a ultima edicao uma vez que tenha sido publicado. Ao se inscrever para a ordem permanente, voce nunca tera que se preocupar com a pontualidade das informacoes que voce precisa. E voce pode descontinuar as ordens permanentes em qualquer momento contatando-nos em 1.800.372.1033, opcao 5, ou enviando-nos um e-mail para researchbna. Coloque-me no pedido permanente Avise-me quando novos lancamentos estao disponiveis (nao sera criado nenhum pedido permanente)