Agencias De Notacao De Credito Investindo Em Forex




Agências De Notação De Crédito Investindo Em ForexAvaliacao de credito DISCAPACAO Rating de credito Para os individuos, as classificacoes de credito sao derivadas do historico de credito mantido por agencias de relatorios de credito, como Equifax (EFX), Experian e TransUnion (TRU). Um emprestimo e essencialmente uma promessa, e uma classificacao de credito determina a probabilidade de o mutuario pagar um emprestimo dentro dos limites do contrato de emprestimo, sem inadimplemento. Uma alta classificacao de credito indica uma alta possibilidade de reembolsar o emprestimo na integra, sem problemas, uma classificacao de credito ruim sugere que o mutuario teve problemas para pagar emprestimos atrasados ??no passado e pode seguir o mesmo padrao no futuro. A classificacao de credito afeta as chances de serem aprovadas para um determinado emprestimo ou recebendo condicoes favoraveis ??para o referido emprestimo. As classificacoes de credito aplicam-se as empresas e ao governo, enquanto as pontuacoes de credito aplicam-se apenas a individuos. (Uma pontuacao de credito de individuos e relatada como um numero, geralmente variando de 300 a 850. Para obter detalhes, veja o que e uma boa pontuacao de credito). As avaliacoes de credito soberano aplicam-se aos governos nacionais, e as classificacoes de credito corporativo aplicam-se unicamente as empresas. As agencias de classificacao de credito tipicamente atribuem notas de letra para indicar classificacoes. O amplificador padrao Poors, por exemplo, tem uma escala de classificacao de credito que varia desde AAA (excelente) e AA ate C e D. Um instrumento de divida com uma classificacao abaixo de BBB - e considerado um grau especulativo ou um vinculo indesejavel. O que significa que e mais provavel a inadimplencia em emprestimos. Por que as classificacoes de credito sao importantes As classificacoes de credito para os mutuarios sao baseadas em uma diligencia substancial conduzida pelas agencias de rating. Enquanto um mutuario se esforcara para obter a classificacao de credito mais alta possivel, uma vez que tem um grande impacto sobre as taxas de juros cobradas pelos credores, as agencias de rating devem ter uma visao equilibrada e objetiva da situacao financeira dos mutuarios e capacidade de pagar a divida. Uma classificacao de credito nao so determina se um mutuario sera aprovado ou nao, mas tambem a taxa de juros a que o emprestimo precisara ser reembolsado. Uma vez que as empresas dependem de emprestimos para muitas operacoes de arranque e outras, sendo negado que um emprestimo possa significar desastre e uma taxa de juros elevada e muito mais dificil de pagar. As classificacoes de credito tambem desempenham um papel importante em potenciais compradores, determinando se deseja ou nao comprar titulos. Uma classificacao de credito ruim e um investimento arriscado que indica uma maior probabilidade de que a empresa nao pague seus titulos. Para saber mais sobre por que uma alta classificacao de credito e essencial para uma empresa, leia A importancia da sua classificacao de credito. E importante que um mutuario permaneca diligente na manutencao de uma alta classificacao de credito. As classificacoes de credito nunca sao estaticas, de fato, elas mudam o tempo todo com base nos dados mais recentes, e uma divida negativa reduzira mesmo a melhor pontuacao. O credito tambem leva tempo para construir. Se uma entidade tem um bom credito, mas um historico de credito curto, isso nao e visto de forma positiva como a mesma qualidade de credito, mas com um longo historico. Os devedores querem saber que um mutuario pode manter um bom credito de forma consistente ao longo do tempo. As mudancas na classificacao de credito podem ter um impacto significativo nos mercados financeiros. Um excelente exemplo desse efeito e a reacao negativa do mercado ao downgrade de rating de credito do governo federal dos EUA pelo amplificador padrao Poors em 5 de agosto de 2011. Os mercados de acoes mundiais cairam durante semanas apos o downgrade. Fatores que afetam avaliacoes de credito e pontuacoes de credito Ha alguns fatores que as agencias de credito levam em consideracao ao atribuir uma classificacao de credito a uma organizacao. Primeiro, a agencia considera o historico passado de emprestimos e dividas. Todos os pagamentos perdidos ou inadimplentes nos emprestimos impactaram negativamente a classificacao. A agencia tambem analisa o potencial economico futuro. Se o futuro economico parecer brilhante, a classificacao de credito tende a ser maior se o mutuario nao tiver uma perspectiva economica positiva, a classificacao de credito caira. Para os individuos, a classificacao de credito e transmitida por meio de uma pontuacao de credito numerica que e mantida pela Equifax, Experian e outras agencias de relatorios de credito. Uma pontuacao de credito alta indica um perfil de credito mais forte e geralmente resultara em taxas de juros mais baixas cobradas pelos credores. Ha uma serie de fatores que sao levados em consideracao para uma pontuacao de credito individual, incluindo historico de pagamentos, valores devidos, duracao do historico de credito, credito novo e tipos de credito. Alguns desses fatores tem maior peso do que outros. Detalhes em cada fator de credito podem ser encontrados em um relatorio de credito. Que normalmente acompanha uma pontuacao de credito. Para uma descricao mais detalhada de cada fator de credito, leia os 5 maiores fatores que afetam seu credito. Avaliacoes de curto prazo versus prazo de credito Uma avaliacao de credito de curto prazo reflete a probabilidade de o mutuario inadimplente no ano. Este tipo de classificacao de credito tornou-se a norma nos ultimos anos, enquanto que no passado, as classificacoes de credito de longo prazo foram mais consideradas. As classificacoes de credito de longo prazo preveem a probabilidade de inadimplencia dos mutuarios em qualquer momento no futuro prorrogado. Historia das Avaliacoes de Credito A Moodys foi a primeira agencia a emitir ratings de credito publicamente disponiveis para titulos, em 1909, e outras agencias seguiram o exemplo nas decadas seguintes. Essas classificacoes nao tiveram um profundo efeito no mercado ate 1936, quando uma nova regra foi aprovada que proibia os bancos de investir em titulos especulativos, ou aqueles com baixas classificacoes de credito, para evitar o risco. Esta pratica foi rapidamente adotada por outras empresas e instituicoes financeiras, e confiar em ratings de credito tornou-se a norma. Breve historico das agencias de classificacao de credito As classificacoes de credito fornecem aos investidores individuais e institucionais informacoes que os ajudem a determinar se os emissores de obrigacoes de divida e de obrigacoes fixas, Os titulos de renda poderao cumprir suas obrigacoes com relacao a esses titulos. As agencias de notacao de risco fornecem aos investidores analises objetivas e avaliacoes independentes de empresas e paises que emitem esses titulos. A globalizacao no mercado de investimentos, aliada a diversificacao nos tipos e quantidades de titulos emitidos, apresenta um desafio para os investidores institucionais e individuais que devem analisar os riscos associados aos investimentos nacionais e estrangeiros. A informacao historica e a discussao de tres empresas facilitarao uma maior compreensao da funcao e evolucao das agencias de notacao de credito. Fitch Ratings John Knowles Fitch fundou a Fitch Publishing Company em 1913. A Fitch publicou estatisticas financeiras para uso no setor de investimentos atraves do The Fitch Stock and Bond Manual e The Fitch Bond Book. Em 1924, a Fitch apresentou o sistema de classificacao AAA atraves do D que se tornou a base para classificacoes em toda a industria. Com planos para se tornar uma agencia global de rating de servico completo, no final da decada de 1990, a Fitch fundiu-se com o IBCA of London, subsidiaria da Fimalac, S. A., holding francesa. A Fitch tambem adquiriu concorrentes do mercado Thomson BankWatch e Duff amp Phelps Credit Ratings Co. Comecando em 2004, a Fitch comecou a desenvolver subsidiarias operacionais especializadas em gerenciamento de riscos corporativos. Treinamento de servicos de dados e financas com a aquisicao da empresa canadense, Algorithmics e a criacao da Fitch Solutions e Fitch Training. (Para obter informacoes sobre os sistemas de classificacao de titulos, consulte Agencias de Ratings de Obrigacoes: Voce pode confiar em eles.) O Moodys Investors Service John Moody e Company publicaram pela primeira vez o Manual Moodys em 1900. O manual publicou estatisticas basicas e informacoes gerais sobre acoes e titulos de varias industrias. De 1903 ate o colapso da bolsa de valores de 1907, o Manual de Moodys foi uma publicacao nacional. Em 1909, a Moody comecou a publicar a Moodys Analyze of Railroad Investments, que adicionou informacoes analiticas sobre o valor dos titulos. A expansao desta ideia levou a criacao do Moodys Investors Service, em 1914, que, nos proximos 10 anos, proporcionaria classificacoes para quase todos os mercados de titulos do governo no momento. Na decada de 1970, a Moodys comecou a avaliar o papel comercial e os depositos bancarios. Tornando-se a agencia de rating em grande escala que e hoje. Amplificador padrao Poors Henry Varnum Poor publicou pela primeira vez a Historia das Ferrovias e Canais nos Estados Unidos em 1860, o precursor da analise e dos relatorios de titulos a serem desenvolvidos no proximo seculo. Estatistica padrao formada em 1906, que publicou titulos corporativos. Divida soberana e classificacao de titulos municipais. Estatisticas padrao mescladas com Poors Publishing em 1941 para formar a Standard and Poors Corporation. Que foi adquirida pela The McGraw-Hill Companies, Inc. em 1966. A Standard and Poors tornou-se mais conhecida por indices como o SampP 500, um indice de mercado de acoes que e tanto uma ferramenta para analise de investidores quanto a tomada de decisao e uma economia dos EUA indicador. (Veja uma viagem atraves do historico de indices para saber mais sobre indices de amplificadores ampliados padrao.) Organizacoes de classificacao estatistica nacionalmente reconhecidas (NRSRO) A partir de 1970, a industria de ratings de credito comecou a adotar algumas mudancas importantes e inovacoes. Anteriormente, os investidores se inscreveram em publicacoes de cada uma das agencias de rating e os emissores nao pagaram taxas por desempenho de pesquisas e analises que eram uma parte normal do desenvolvimento das classificacoes de credito publicadas. Como industria, as agencias de classificacao de credito comecaram a reconhecer que as classificacoes de credito objetivas aumentaram significativamente em valor para os emissores em termos de facilitar o acesso ao mercado e ao capital, aumentando o valor de um emissor de valores mobiliarios no mercado e diminuindo os custos de obtencao de capital. A expansao e a complexidade nos mercados de capitais, juntamente com a crescente demanda por servicos estatisticos e analiticos, levaram a decisao da industria de cobrar emissores de taxas de titulos pelos servicos de classificacao. Em 1975, as instituicoes financeiras. Tais como bancos comerciais e corretores de valores mobiliarios. Procurou suavizar os requisitos de capital e liquidez passados ??pela Securities and Exchange Commission (SEC). Como resultado, foram criadas organizacoes de classificacao estatistica reconhecidas nacionalmente (NRSRO). As instituicoes financeiras podem satisfazer seus requisitos de capital investindo em valores mobiliarios que receberam classificacoes favoraveis ??por um ou mais dos NRSROs. Este subsidio e o resultado de requisitos de registro, juntamente com maior regulamentacao e supervisao da industria de ratings de credito pela SEC. O aumento da demanda por servicos de rating por investidores e emissores de titulos, combinado com o aumento da supervisao regulatoria, levou ao crescimento e expansao no setor de ratings de credito. Uma Visao Geral de Ratings de Credito Os paises sao emitidos ratings de credito soberanos. Esta classificacao analisa a capacidade de credito geral de um pais ou governo estrangeiro. As classificacoes de credito soberana levam em consideracao as condicoes economicas gerais de um pais, incluindo o volume de investimentos estrangeiros, publicos e privados, a transparencia do mercado de capitais e as reservas em moeda estrangeira. As classificacoes soberanas tambem avaliam as condicoes politicas, como a estabilidade politica global e o nivel de estabilidade economica que um pais mantera durante os periodos de transicao politica. Os investidores institucionais contam com classificacoes soberanas para qualificar e quantificar a atmosfera de investimento geral de um determinado pais. A classificacao soberana e muitas vezes a informacao previa que os investidores institucionais usam para determinar se eles vao considerar empresas especificas, industrias e classes de valores mobiliarios emitidos em um pais especifico. As classificacoes de credito, as classificacoes de divida ou as classificacoes de titulos sao emitidas para empresas individuais e para classes especificas de titulos individuais, como acoes preferenciais. Titulos corporativos e varias classes de titulos do governo. As classificacoes podem ser atribuidas separadamente para obrigacoes de curto e longo prazos. As avaliacoes de longo prazo analisam e avaliam a capacidade de uma empresa para cumprir suas responsabilidades em relacao a todos os seus titulos emitidos. Os ratings de curto prazo se concentram na capacidade de titulos especificos para executar, dada a condicao financeira atual da empresa e as condicoes gerais de desempenho da industria. (Para mais informacoes, veja o que e uma classificacao de credito corporativa) C onclusao Os investidores podem utilizar informacoes de uma unica agencia ou de varias agencias de rating. Os investidores esperam que as agencias de notacao de credito fornecam informacoes objetivas com base em metodos analiticos solidos e medidas estatisticas precisas. Os investidores tambem esperam que os emissores de valores mobiliarios cumpram as regras e regulamentos estabelecidos pelos orgaos de administracao, no mesmo sentido em que as agencias de notacao de credito cumprem os procedimentos de relatorios elaborados pelas agencias governamentais do setor de valores mobiliarios. Compreender a historia e a evolucao das agencias de avaliacao fornece aos investidores uma visao sobre a metodologia que as agencias utilizam, bem como a qualidade das classificacoes de cada agencia. As analises e avaliacoes fornecidas por varias agencias de notacao de credito fornecem aos investidores informacoes e informacoes que facilitam sua capacidade de examinar e compreender os riscos e oportunidades associados aos varios ambientes de investimento. Com esta visao, os investidores podem tomar decisoes informadas quanto aos paises, industrias e classes de valores mobiliarios em que optam por investir.